Seguidores

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

AS PREVISÕES E O AMOR

Boa noite povo querido!
Feliz Natal a todos vocês!

Bem, com o Ano Novo se aproximando aparece cada dia mais e mais na mídia (TV, rádios, revistas, etc) as previsões astrológicas para o futuro. Muitos podem querer saber sobre seu lado profissional, financeiro, etc... mas, convenhamos, o que a maioria das pessoas quer mesmo é saber sobre o amor.
Ah, o amor!!! Essa coisinha estúpida que gostamos de sentir...

Será que no próximo ano aquela pessoa especial vai aparecer? Será que vai dar certo a paquera em que estamos investindo? Aquele ex-amor que partiu retornará?

Essas e outras perguntas povoam nosso imaginário e, para sanar a curiosidade, o jeito é apelar para todo tipo de adivinhação não é mesmo? Videntes, cartomantes, astrólogos, estão muito presentes quando  o assunto é amor. Como a vida imita a arte e a arte imita a vida, vemos inúmeros filmes, novelas, livros, etc, em que estes personagens aparecem para dar uma forcinha, um sinal, ou um empurrãozinho para os casais apaixonados.


Lembro-me por exemplo do ótimo filme: "Escrito nas estrelas" (Serendipity) onde estes personagens não aparecem diretamente, mas o filme todo é baseado no "destino".
Outro filme onde aparece uma vidente é personagem chave é o divertido "Sorte no Amor" (Just my Lucky).

Músicas falando disso há muitas, lembro agora de algumas como "Torn" da Natalie Imbruglia que dizia: "Então eu acho que a cartomante estava certa/ Deveria ter visto apenas o que estava lá/ E não uma luz divina/ Mas você rastejou entre minhas veias/ e agora eu não me importo, não tenho sorte/ Eu já não sinto tanto a falta/ Apenas há tantas coisas/ que eu não posso tocar/ Eu estou dilacerada"

"Bitter Wine" do Bon Jovi: "Eu pensei que eu vi o futuro, mas a cartomante mentiu/ Seu amor foi minha salvação, ela poderia sempre me leva às alturas/ O que uma vez foi água santa agora tem gosto de vinho amargo"

Eu, como uma boa escritora e uma eterna apaixonada também não poderia deixar meus queridos personagens sem uma ajudinha do destino né?
Vejam um trecho do meu romance Amor, Maybe, que muito em breve estará sendo publicado:

"Matthew segurou as mãos de Josie e, com ternura, respondeu:
 - Lady Telma pegou as minhas mãos e, olhando profundamente em meus olhos, parecia ler minha alma. Disse-me então: "o que será, será e não há nada que possa mudar: dentro de uma semana você irá a uma festa e lá encontrará a muher da sua vida, a sua estrela-guia, mas você talvez não veja sua luz até perder-se no caminho. Menino, está escrito, não importa o que aconteça, assim sempre será."

E ai, o que vocês acham desse assunto?

Beijos e feliz Ano Novo, muita paz, saúde e principalmente, muito AMOR!!!!!! S2
  

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DIÁRIO DE UMA PAIXÃO

Boa Noite pessoal!

Já estava com saudade de postar algo aqui no Palavras com Açúcar, mas minha vida está tão corrida e tão louca que só hoje tive um tempinho de me dedicar a escrever essas linhas.

 Hoje quero partilhar com vocês um livro que já conheço à muitos anos, mas que está sendo relançado no Brasil pela editora Novo Conceito.

Se você é romântico como eu, já deve ter ouvido falar do livro "Diário de uma Paixão" (The Notebook) de Nicholas Sparks, ou pelo menos já deve ter visto o filme homônimo que foi baseado no livro. Se não leu nem viu o filme, corra! É uma das mais belas histórias de amor que você vai ver!

Conta a história de Noah e Allie, dois jovens de classes sociais distintas que se apaixonam loucamente mas que, por diversas razões, passam quatorze anos separados um do outro. Mas, o amor nunca acabou e eles vão lutar com todas as forças para viverem felizes um ao lado do outro.
Não vou contar mais pra não estragar as surpresas... rsrsrsrs

Recomendo e muito! Tanto o livro como o filme.

Um trechinho pra vocês ficarem com vontade:

"Quando vejo você de manhã, minha querida, antes de você tomar banho ou em seu estúdio, coberta de tinta, os cabelos embaraçados e os olhos cansados, sei que você é a mulher mais bonita do mundo." 

Bjos e bjos,

Fran.

domingo, 21 de novembro de 2010

MÚSICAS RELIGIOSAS PARA CASAMENTO

Olá Pessoal!

Como ultimamente tenho procurado várias músicas religiosas para casamento, resolvi postar aqui uma lista com as minhas preferidas, quem sabe ajude outras pessoas que estão pensando em se casar na igreja. Vou me casar sábado agora e vou deixar também as sugestões de qual momento utilizar cada música, mas fica em aberto e cada um pode escolher o momento que achar mais adequado.

Espero que vocês gostem e comentem!!!

A entrada da noiva tem três clássicos:
Ave Maria - Shubert
Marcha Nupcial - Mendelssohn
Marcha Nupcial - Wagner

Para outros momentos:

Amor Verdadeiro - Banda Catedral (Entrada dos Pais ou Padrinhos)
Amigos pela fé - Anjos de Resgate (Para quem for ter damas de honra adultas, no estilo filme americano como eu!)
Salmo Responsorial 127 (Felizes os que temem o Senhor)
Aclamação ao Evangelho - Meu coração transborda de amor (Louvemos)
Pra sempre - Suely Façanha/ Comunidade Shalom (Depois do diálogo do "sim")
Amar-te mais - Suely Façanha/ Comunidade Shalom (Entrada das alianças)
Com poesia - Suely Façanha/ Comunidade Shalom (Assinaturas)
Namorando - Grecco (Saída dos noivos)
Abraço eterno - Suely Façanha/ Comunidade Shalom
Você e Eu - Eliana Ribeiro
Laços de amor - Mensagem Brasil
Amor de Verdade - Diego Fernandes
Cada dia - Davidson Silva (Alianças)
Cantiga do Matrimônio - Padre Zezinho
O Primeiro Olhar - Anjos de Resgate e Ziza Fernandes
Vou te amar - Márcio Todeschini
Eterna Aliança - Comunidade Shalom
És o sentido - Suely Façanha
Como és lindo (Momento da Comunhão, se houver)
Nossos Caminhos - Diácono Nelsinho Correa
Sem Você - Rosa de Sarom
1 João 4 - Flavinho
Até o fim - Rosa de Saron (o vocalista fez essa música para sua esposa e cantou no dia do casamento)

São apenas sugestões que eu espero sejam úteis para vocês! Ah, e comentem por favor! Contem se esse post ajudou ou não, ficarei muito feliz com seus comentários.

Um grande abraço!

Fran.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O HARPISTA

A noite cai
O dia já se foi
Ainda te espero chegar
Para finalmente escutar
Todas as canções
Que só a ti dediquei


Em cada nota
Da minha melodia
Se esconde o sonho de te ter
Minha única alegria!


Mas hoje não pode ser...

A noite cai
O dia já se foi
Talvez te encontre amanhã
E fiques em minha companhia
Se ouvires e compreenderes
Minha triste sinfonia...

                                                                           (Francine Cruz)

Fiz essa poesia inspirada numa ilustração de um amigo (mas não essa da imagem), infelizmente não fui autorizada a publicá-lo junto com a ilustração, mas aí está o poema.

Abraços.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

FRIO

Gente do céu, tá um frio de raxar hoje aqui em Curitiba!
Nem parace que estamos em novembro!
Em homenagem a esse friozinho, vou postar um poeminha
 quase Haicai que fiz algum tempo atrás.

Enjoy...


"FAZ FRIO DE MANHÃ
CANTO PRA TE ALEGRAR
TOM DESAFINADO"

Beijos e queijos!

Fran. :D

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Deixo-te partir

Depois de tantos anos
Aprisionando seu fantasma junto a mim
Abro a janela sem medo
Dou-te um beijo carinhoso
E em paz te digo adeus

Se sei que estarás bem do outro lado
Feliz, deixo-te partir.
 
 
Fiz esse poeminha a partir de um belo sonho que me trouxe muita paz.
É preciso deixar partir o que não nos pertence mais.
 
Abraços!!! :D

sábado, 30 de outubro de 2010

A MAIOR HISTÓRIA DE AMOR JÁ CONTADA

"A maior história de amor já contada é...
     ......a sua!"


Essa frase dita no filme "Cartas para Julieta" é uma das maiores verdades que já ouvi.
Toda história de amor é mais especial quando acontece com a gente, quando sentimos na pele
a emoção, a paixão, a saudade de um grande amor. Nenhum livro, filme, ou história de outra pessoa nos tocará tão profundamente quanto nossa própria história.
Sobre o filme Cartas para Julieta, recomendo pra quem quer ver uma história de amor bem romantiquinha, daquelas água com açúcar mesmo, essas que a gente gosta de ver de vez em quando só pra relaxar...
Só pelo Gael Garcia Bernal já valia, mas a fotografia também é maravilhosa e, como o filme se passa em Verona na Itália, as locações são perfeitas para dar o ar româtico em especial por ter sido a cidade de Romeu e Julieta de Shakespeare.

Recomendo para os românticos de plantão.

Abraços...   

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

AMOR, AMOR, AMOR, MAYBE

Hoje vou postar mais um trechinho do meu livro: "Amor, Maybe" que em breve estará nas livrarias de todo o Brasil.
Degustem com carinho essa pequena "amostra grátis" e deixem seus comentários! hehehe :D

"Vendo-se sozinha, Josephine caiu de joelhos na beirada da cama, sentindo o peso de todas as revelações daquele dia. Seu coração estava doendo tanto e de tantas maneiras diferentes que não saberia dizer qual era sua maior dor. Travava uma luta diária para manter suas feridas fechadas e, agora, elas estavam expostas e acrescidas de novas chagas.
Nada no mundo poderia fazê-la sentir menos dor. Estava arrasada, destruída, sem ninguém para abraçá-la e fazê-la se sentir segura. Todas suas certezas tinham desaparecido e já não sabia distinguir entre a realidade e as ilusões criadas nos anos de desconhecimento dos verdadeiros fatos.
Seu consolo veio quando se lembrou das palavras de um velho amigo brasileiro: "nos momentos onde se perde tudo, a fé e a esperança nos dão forças pra recomeçar". Essa foi sua única consolação nessa noite: a certeza de poder recomeçar." 

Comentem, please!
Bjossssss

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

AMOR, MAYBE

Esse é o nome do meu primeiro romance que, se tudo der certo, ano que vem deve ser publicado. Conta a história de Josie e Matt, dois jovens que se conhecem e se apaixonam, mas que por fatores externos estão fadados a permanecerem separados um do outro. É uma bela história de amor, compreensão e esperança. Fala sobre o tempo e como a vida pode pregar peças em nós e como podemos superar as tristezas e sonhar com um novo dia.

Um trechinho pra deixar vocês com água na boca:

" E, antes de terminar a frase, Matt roubou-lhe um beijo. Suave e forte, ardente e sutil, atrevido e respeitoso. Ele soube de uma maneira única equilibrar todas as sensações opostas naquele beijo, por isso, Josephine espantou-se com esse beijo inesperado: foi a primeira vez que sentiu sua alma beijada."

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Rubaiyat

Rubaiyat é um livro do poeta persa Omar Khayyam e significa "quadras".
Na tradução de Manuel Bandeira de 2004 pela ediouro, constam 170 quadras do autor.

Deixo aqui para vocês uma que acho linda:

(119)

O amor que não devasta
Não é amor. A brasa
Pode espalhar acaso
Um calor de fogueira?

Noite e dia, durante
Toda sua vida, o amante
Verdadeiro consome-se
De dor e de alegria.

sábado, 11 de setembro de 2010

MEU RAIO DE SOL

Ontem foi aniversário do meu maridão e eu, como esposa meiga que sou, fiz uma festinha surpresa pra ele. Esse foi o meu presente. Nada de coisas compradas e sim muito carinho e comidinhas e bolo que eu mesma preparei com amor.
Aí estava eu lembrando do presente que dei à ele no ano passado, quando ainda éramos namorados, e acabei voltando no tempo. Escrevi muitas poesias pra ele no decorrer do namoro e no dia do aniversário dele reuni todas num livro chamado "Simplesmente Sol" que eu mesma imprimi e encadernei. Foi feita uma única e exclusiva edição que eu dei de presente à ele. Hoje em homenagem à um ano desse presente transcrevo aqui uma das poesias, espero que gostem!

“Você é meu raio de sol, meu único raio de sol
Você me faz feliz, quando os céus estão cinzas
Você nunca saberá, querido, o quanto eu amo você
Então, por favor, não leve o meu raio de sol embora”

(You’ re my sunshine/ Elka)




Se faltarem as palavras

Se faltarem as palavras

Beije minha boca

É o melhor que pode acontecer

Melhor que qualquer coisa

Que você possa dizer

(Francine Cruz)

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

(DES) ENCONTRO


Perco a respiração
Começo a tremer
Meu coração pula no peito

Só de pensar

Num dia qualquer
Pelas ruas da cidade
Um acaso do destino

De novo te encontrar

E tudo que havia
Ainda estará ali
Eu vou fingir que não

E você vai pensar que eu superei.

(Francine Cruz)

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

SALOMÉ


Dias atrás estive lendo a peça "Salomé" de Oscar Wilde. Ela foi escrita em 1891 e traz uma intensidade lírica e poética impressionante. O drama retrata uma passagem bíblica do Novo Testamento e conta a história da jovem e bela princesa Salomé, que apaixona-se pelo profeta João Batista. Sem ser correspondida, ela pede a cabeça dele de presente após dançar e agradar o rei.

A obra traz uma das frases mais memoráveis de todos os tempos:

"O mistério do amor é maior do que o mistério da morte."

Para quem gosta de uma boa leitura recomendo muito!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

AO MEU AMOR QUE ESTÁ DE FÉRIAS

JULHO É UM MÊS DE FÉRIAS E, APROVEITANDO O MOMENTO, DEIXO AQUI UMA POESIA QUE ESCREVI NUMA DAS VEZES EM QUE MEU AMOR FOI VIAJAR SOZINHO. ENJOY!!!




"Onde está, e o que estará fazendo, nessas tardes em que não posso estar contigo?
Será que também pensa em mim assim como eu penso em você, a cada minuto do meu dia?
Meu amor, sinto tantas saudades suas...
Saudades de ver seu rosto lindo que eu adoro, de tocar você, beijar seus olhos e sentir sua boca respirando junto à minha... Volte logo, pois me sinto muito só!
Nessas noites frias que chegam sem você aqui, nada me resta além de te mandar mil beijos pelo vento, e rezar para que os receba no calor de teu coração...
É claro que é bom que você tenha esse tempo só seu, pra descansar e aproveitar - sua liberdade também é minha alegria - mas eu sou assim mesmo, meio egoísta, e queria de verdade era você aqui, comigo!
Meu bem, não ligue para minhas palavras tolas... Curta suas férias e volte com milhões de novas histórias para me contar!
E quando você voltar, nos seus braços vou me jogar e matar toda a saudade, com beijos sem parar (até você perder o ar...)
Amor acumulado, guardado só pra te dar!"


BEIJOS E QUEIJOS!!! (NESSE FRIO, BEIJOS, QUEIJOS E VINHOS SÃO UMA ÓTIMA COMBINAÇÃO...)

sábado, 26 de junho de 2010

DICA PARA ENCONTRAR O AMOR DA SUA VIDA

Ontem estava escutando um CD meu do SKANK e me deparei com essa música: "Acima do Sol". Não sei porque cargas d'água prestei muita atenção na letra e vi como ela é profunda. Pelo menos pra mim, fez um sentido enorme.

Estou casada a pouco tempo e muito feliz diga-se de passagem, mas já sofri muito por um amor que só me fez sofrer e vejam só a primeira estrofe da música:

"Assim ela já vai, achar o cara que lhe queira, como você não quis fazer, sim eu sei que ela só vai achar alguém pra vida inteira como você não quis..."

e agora uma parte muito boa, pra dar um tapa na cara do idiota que não te quis:

"...tão fácil perceber, que a sorte escolheu você, e você cego, nem nota..."

não pense que você pode fazer alguém te amar, você não pode, ninguém pode colocar o amor no coração de alguém, somos tão inúteis nesse assunto que não controlamos nossos próprios sentimentos, quem dirá o dos outros:

"quando tudo ainda é nada, quando o dia é madrugada você gastou sua cota, eu não posso te ajudar esse caminho não há outro, que por você faça, eu queria insistir, mas o caminho só existe, quando você passa"

para aqueles que buscam a perfeição e estão eternamente insatisfeitos:

"Quando muito ainda é pouco, você quer INFANTIL e LOUCO, um sol acima do sol, mas quando sempre é sempre nunca, quando ao lado ainda é muito mais longe que qualquer lugar, outro dia ela já vai, achar um cara que lher queira, como você não quis fazer, sim eu sei que ela só vai, achar alguém pra vida inteira, como você não quis..."

E um consolo para aqueles que ficam desesperados quando perdem um amor e acham que nunca mais na vida conseguirão amar de novo, ou encontrar alguém especial:

"Se a sorte lhe sorriu, porque não sorri de volta, você nunca olha a sua volta, não quero estar sendo mal, moralista ou banal, aqui está o que me afligia, ô um dia ela já vai, achar um cara que lhe queira, como você não quis fazer, sim eu sei que ela só vai, alguém pra vida inteira como você não quis..."

Então quer uma dica pra encontrar o amor da sua vida? Olhe a sua volta! Ele pode não ser o loiro, alto e de olhos azuis que você queria, mas com certeza te dará amor, carinho e respeito. Convenhamos, você também não é a Angelina Jolie né?

segunda-feira, 14 de junho de 2010

FELIZ



Pra ser feliz é tão simples...
Porque será que algumas pessoas complicm tanto?

"Se alguém, já lhe deu a mão e não pediu mais nada em troca
pense bem, pois é um dia especial!"


SORRIA, A VIDA É LINDA. :D

sexta-feira, 4 de junho de 2010

SEU NOME

"Quando essa boca disser o seu nome venha voando, mesmo que a boca só diga seu nome de vez em quando..." (Luiza Possi)

Um nome.
Coisa tão comum.
Todo mundo tem.
Até cachorro tem.

Ouvimos nosso nome ser dito
por tantas pessoas diferentes
sabe-se lá quantas vezes por dia
e isso não tem muita importância.

Mas, quando o ouvimos saindo de uma boca especial,
então parece que o nome também se torna especial.

Fica mais lindo, mais doce, mais tudo!
Meu nome tão simples torna-se um mundo
quando sai da tua boca amor!

E tento perceber cada tom, cada timbre
com que o pronuncias para imprimi-lo em
minha memória e tentar descobrir se você também me ama...

terça-feira, 25 de maio de 2010

O PACIENTE INGLÊS


Hoje quero falar desse filme belíssimo que encanta a todos que o veem.
"O Paciente Inglês" de 1996 é baseado no livro homônimo de Michael Ondaatje e junta novamente dois grandes atores: Ralph Finnes e Juliette Binoche que, após a grande atuação como par romântico em "O morro dos ventos uivantes" de 1992, vivem agora o paciente e a enfermeira neste drama vencedor de 9 oscars.

SINOPSE:

No final da Segunda Guerra Mundial, um desconhecido (Ralph Fiennes) que teve queimaduras generalizadas quando seu avião foi abatido e é conhecido apenas como o paciente inglês acaba recebendo os cuidados de uma enfermeira canadense (Juliette Binoche). Gradativamente ele começa a narrar o grande envolvimento que teve com a mulher (Kristin Scott Thomas) do seu melhor amigo (Colin Firth) e de como este amor foi fortemente correspondido. Mas da mesma forma que determinadas lembranças lhe surgem na mente, outros detalhes parecem não vir a lembrança, como se ele quisesse que tais fatos continuassem enterrados e esquecidos.

POR QUE ELE ESTÁ AQUI NO "PALAVRAS COM AÇÚCAR?"

- Porque a história de amor nele contida é linda e tem uma das mais belas quotes que eu já vi:

"Toda noite eu arrancava meu coração, mas toda manhã ele voltava a nascer" diz Almasy quase no fim do flme, falando da dor de ter perdido sua amada.

Recomendo muito que quem ainda não viu o filme ou não leu o livro o faça!

Beijossssssss

quarta-feira, 19 de maio de 2010

VIDA NOVA

Bom dia!

Estou muito feliz...
Como já disse em posts anteriores, vou me casar em breve. Apesar de que esse conceito "casar" é muito variável hoje em dia.
Na verdade já estou casada, pois desde sabádo me mudei para o apartamento novo com meu amor. Mesmo assim, pra manter a tradição vamos ao cartório e para seguir o que acreditamos vamos à igreja.
É meu primeiro (e espero que único) casamento e esta experiência tem sido extraordinária.

É tão bom dormir e acordar ao lado da pessoa que a gente ama, né?

Além do mais, agora tenho que ser "dona de casa": varrer, lavar, passar... Mas confesso que faço tudo isso com amor, pois estou adorando minha vida nova.

Para vocês hoje eu deixo uma constatação que fiz nos últimos dias: diálogo e companheirismo são a base de qualquer relacionamento. Ninguém fica guardando mágoa e nem fica sobrecarregado se exitirem essas duas coisas.

E, por último, mas não menos importante: não coloquem seus amados num pedestal nem façam projeções hollywoodianas sobre eles pois todos somos humanos, normais, imperfeitos. Não faça tipos para conquistar um amor, pois ninguém consegue sustentar algo que não é de sua personalidade por muito tempo.

É como eu dizia sempre no tempo de namoro ao meu amor quando ele dava um arrotinho depois da coca-cola: "isso mesmo, sem propaganda enganosa!" hehehe :D

Beijoooooooossssss!!!!!! S2

domingo, 9 de maio de 2010

MI DISPIACE

Hoje em homenagem ao Dia das Mães vou postar uma música linda da Laura Pausini, que fala de uma outra forma de amor: o amor maternal de mãe e filha. Uma belíssima canção que fala de perdão e saudades.

A tradução da letra não está perfeita (contém alguns errinhos, mas eles não alteram o sentido) mas gostei muito das imagens por isso usei esse vídeo. Espero que gostem!

Feliz Dia das Mães, para as mães e para os filhos!

terça-feira, 4 de maio de 2010

AMAR


POEMA: AMAR
VINÍCIUS DE MORAIS
1960 - ANTOLOGIA POÉTICA


Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar,desamar, amar?
Sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.

Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

DEMORA JUSTIFICADA


Oi gente! Desculpem a demora pra postar coisas novas, mas vocês entenderão...

Eu vou casar!!!!!!!!!!!!! Ahhhhhhhhhhhhhhhh

Acreditam? Eu que vivo postando coisas fofas nesse blog e comentando sobre meu namo vou enfim me casar!!!!!!!! Não é demais?????

E, desde que eu soube disso tenho estado eufórica e elétrica e não consigo me focar muito em nada... fico de uma lado pra outro que nem barata tonta pensando nas coisas que preciso ver, escolher, decidir, pesquisar... daí quem disse que eu conseguia parar quieta na frente do pc e escrever aqui??????

Então, tô perdoada ou não tô?

Bem, estou mega feliz e mais apaixonada do que nunca! O amor é tão lindo né? Rsrsrs
podem me chamar de ridícula... já dizia alguém que não lembro quem "todas as cartas de amor são ridículas"... e o que é o amor senão esse sentimento que nos deixa em êxtase, num lugar acima de qualquer senso de racionalidade? Para o amor não existem fornteiras, nem coisas impossíveis, nem coisas ridículas, para o amor só existe sentimento.

Eu adoro me sentir assim, meio maluquinha! rsrsrsrsrs

Prometo que volto ao normal daqui a pouco, por enquanto vou curtir essa fase de euforia.

Bjokas grandes da noivinha aqui... hehehehe

Pra finalizar o post, uma musiquinha da Vanessa da Mata, linda!!!!!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

FILMES EM CARTAZ

OI PESSOAL! COMO EU PROMETI, HOJE VOU COMENTAR DOIS FILMES QUE ASSISTI NESSA SEMANA.

O PRIMEIRO: UMA NOITE FORA DE SÉRIE é uma comédia muito divertida sobre um casal que vive na rotina, cansados por causa do excesso de trabalho, bagunça dos filhos, etc. Pra ajudar, os amigos deles estão se separando, mas eles tentam fazer o casamento perseverar. Numa noite resolvem quebrar a rotina e ir a um restaurante chique onde acabam sendo confundidos com bandidos e se metem em várias enrascadas.
Eu e meu namo demos muita risada, tem momentos bem engraçados mesmo, recomendo.


O SEGUNDO: ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS é um filme de fantasia que conta a história de Alice, uma jovem com uma imaginação super fértil, que se vê encurralada pela pressão de um casamento arranjado e acaba fugindo e caindo num buraco onde vai parar nos País das Maravilhas e lá redescobre-se a si mesma.
Eu assisti em 3D no IMAX, então foi muito bom! Recomendo também.

sábado, 24 de abril de 2010

SÓ NÓS DOIS



EM HOMENAGEM AO MEU AMOR, QUE NÃO PARA DE CANTAR ESSA MÚSICA DO DETONAUTAS PRA MIM...
APROVEITEM E BOM FIM DE SEMANA.

DEPOIS EU COMENTO DOS FILMES QUE ASSISTI, "UMA NOITE FORA DE SÉRIE" E "ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS". AGUARDEM OS PRÓXIMOS POSTS!

:D BJOOOOOOOOO S2

Agora somos só nós dois e não
Temos que provar pra mais ninguém, amor
Eles não conseguem perceber como é real
Que a gente se encante com alguém assim

Existem mil mistérios que renovam os nossos planos
De seguir acreditando nesse nosso amor
E nada do que digam vai mudar o que pensamos, deixa estar
E agora vamos, já chegou

Meu coração vai te mostrar
Que esse amor não precisa esperar...

Não precisa esperar!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

APAIXONADA POR UM FANTASMA (O CLASMÁTICO)

ESSA POESIA FIZ NO INÍCIO DE 2007, INSPIRADA NO DESENHO DE UM AMIGO ARTISTA (O CLASMÁTICO ERA O NOME DA OBRA). NÃO TENHO PERMISSÃO DE PUBLICAR O DESENHO FEITO POR ELE, MAS PROCUREI UM PARECIDO E ACABEI ENCONTRANDO UMA IMAGEM DO FANTASMA DA ÓPERA, PARA REPRESENTAR. ESPERO QUE GOSTEM!!!

Você é como uma sombra em mim
Dividindo o mesmo olhar
E diferente de tudo enfim
É fantasma que vem pra iluminar

Teus ecos penetram meus ouvidos
Com sussurros jamais traduzidos
Senão pela doçura que sinto
Quando seu ser pousa no meu...

Se me beijas
Sinto minha alma beijada
Você me faz sorrir
Apaixonada por um fantasma!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

3x4

Gente, essa música não é nova, mas é linda! Adoro muito Engenheiros do Hawaii!!! O nome da música é 3x4.

Diga a verdade
Ao menos uma vez na vida
Você se apaixonou
Pelos meus erros

Não fique pela metade
Vá em frente, minha amiga
Destrua a razão
Desse beco sem saída

Diga a verdade
Ponha o dedo na ferida
Você se apaixonou
Pelos meus erros

E eu perdi as chaves
Mas que cabeça a minha
Agora vai ter que ser
Para toda a vida

Somos o que há de melhor
Somos o que dá pra fazer
O que não dá pra evitar
E não se pode escolher

Se eu tivesse a força
Que você pensa que eu tenho
Eu gravaria no metal da minha pele
O teu desenho

Feitos um pro outro
Feitos pra durar
Uma luz que não produz
Sombra

Somos o que há de melhor
Somos o que dá prá fazer
O que não dá pra evitar
E não se pode esconder

sábado, 17 de abril de 2010

SHAKESPEARE


HOJE ESTÁ UM DIA MARAVILHOSO, SABADÃO DE SOL E CALOR... MEU NAMO DAQUI A POUCO CHEGA AQUI PRA GENTE CURTIR JUNTINHOS E ENQUANTO ESPERO ELE VOU POSTAR ALGUMAS FRASES DO GRANDE MESTRE SHAKESPEARE PARA NOS INSPIRAR NESSE FIM DE SEMANA.

BJOSSS!!! :)

Pra você se encorajar:

"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."

Pra você não pensar que precisa de objetos materiais para lembrar de alguém que você ama: (adoro essa!)

"Conservar algo que possa recordar-te seria admitir que eu pudesse esquecer-te."

Sobre a consciência de cada um:

"A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial."

O amor:

"O amor é como a criança: deseja tudo o que vê."

Linda essa (dedico pro meu amadinho):

"Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia."

E aí, gostaram??? Então comentem!!!
Bjoooossssss

quarta-feira, 14 de abril de 2010

AMOR AUSENTE I I

Para quem não conhece o site Recanto das Letras (http://recantodasletras.com.br), é um ótimo local para todos os escritores e poetas publicarem gratuitamente suas obras e receberem o feed back de seus leitores. De lá eu extraí o poema de hoje, do meu colega Demarcus.

Visitem!


"ESTA NOITE COMPREENDI A SOLIDÃO...
NA AMPLITUDE DO TERMO SOMBRIO,
NA SUA MAIS EXATA EXTENSÃO...
NADA PREENCHE NOSSO IMENSO VAZIO...


NÃO SABEMOS DE ONDE VEM...
ANGÚSTIA PRESA NA GARGANTA...
NÃO SABEMOS PORQUE TAMBÉM...
E UMA DOR QUE SE AGIGANTA...

E O AMOR TÃO TERNO,
E A PAIXÃO QUE ARDE!
NÃO IMPORTA, É NO MAIS INTERNO
QUE A SOLIDÃO INVADE...

ENTÃO PERCEBEMOS QUE NÃO HÁ DESTINOS
DE GLÓRIAS E DE FELICIDADES NESSA TERRA...
SENTIMOS POR FIM UM NÓ NOS INTESTINOS,
PRESSÁGIOS, OS VERMES NOS ESPERA...

MAS A ILUSÃO ,INSISTE NA TRAPAÇA...
NOS MOSTRA UM JOGO DE TRINCA DE ASES!
DESLUMBRADOS!ACHAMOS QUE VIDA TEM GRAÇA,
E QUE DO AZAR PASSOU AS FASES.

ENTÃO SORRIMOS FEITO CRIANÇAS...
A VIDA PARECE UM CONTO DE FADAS!
RENOVAM-SE AS ESPERANÇAS...
E CONTINUAMOS NOSSAS JORNADAS.

BASTA!NÃO QUERO MAIS ESSE JOGO!
SEI, AS CARTAS ESTÃO MARCADAS,
SE MEU FIM É ARDER NO FOGO!
QUE EU SEJA O INCENDIÁRIO DESSAS QUEIMADAS.

QUE ARDA AS CHAMAS DOS MEUS DESEJOS!
NÃO SOBRE CINZAS DA SOLIDÃ0!
QUERO AS LABAREDAS DE VOSSOS BEIJOS!
QUERO EM SEU CORPO SER COMBUSTÃO!

QUERO ARRANCAR-TE DOS LÁBIOS GEMIDOS!
MINHA LÍNGUA DE FOGO LAMBERÁ SUAS ENTRANHAS!
VOU AFLORAR SEUS INSTINTOS ADORMECIDOS!
VOU SUPERAR SUAS ARTIMANHAS!

E QUANDO VIER O DIA DERRADEIRO!
QUANDO SENTIR QUE SE APROXIMA O INVERNO...
SAIBA MUSA MINHA QUE FUI O PRIMEIRO,
QUE LHE AMOU DE MODO TÃO INTENSO E VERDADEIRO.

E SE QUEIMEI DO AMOR O FOGO EM OUTROS LAÇOS,
SE A CHAMA DO MEU DESEJO NÃO LHE AQUECEU...
FOI QUE COVARDE ,PREFERIS-TES OUTROS BRAÇOS!
DEIXOU QUE O INVERNO CONGELASSE O PEITO SEU"

(DEMARCUS - http://recantodasletras.uol.com.br/poesias/1935425)

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O OUTRO LADO DO AMOR

Não que eu esteja triste nem nada, mas quando falamos de amor também devemos lembrar que existe o outro lado, quando tudo acaba. Saudade, solidão, desilusão... Como dói quando o coração da gente não bate e sim apanha! Por isso, nesse blog cheio de amor, hoje postarei alguns versinhos do outro lado desse sentimento para vocês. By Myself.

“Alguém está dando e alguém está guardando. Alguém dirá adeus”. (Francine Cruz)

“Sua riminha era tão vagabunda, mas eu sorri mesmo assim. Depois, rasguei os versos chorando, quando tudo teve um fim.” (Francine Cruz)

"Quase sempre o mesmo amor que nos dá vida é o que nos traz a morte..." (Francine Cruz)

"Você não me ouviu chamar, o coração é uma voz silenciosa..." (Francine Cruz)

"Sentir-se só pode ser uma coisa muito ruim, mas quando a solidão chega e você tem alguém ao seu lado é simplesmente insuportável..." (Francine Cruz)

sábado, 10 de abril de 2010

INÊS


Essa poesia (Inês) de Cruz e Souza é simplesmente linda, especialmente as duas últimas estrofes!

Aproveitem e bom fim de semana a todos...

Tem teu nome a estranha graça
De uma galga verde, estranha.

Certo langor te adelgaça,
Certo encanto te acompanha.

És velada, quebradiça
Como teu nome é velado.

Certa flor curiosa viça
No teu corpo edenizado.

Chamam-te a Inês dos quebrantos,
A galga verde, a felina,
Amaranto de amarantos,
Das franzinas a franzina.

Teus olhos, langues aquários
Adormentados de cisma,
Vivem mudos, solitários
Como uma treva que abisma.

Tua boca, vivo cravo
Sangüíneo, púrpuro, ardente,
De certa forma tem travo
Embora veladamente.

És lírio de velho outono,
Meiga Inês, e de tal sorte
Que já vives no abandono,
Meio enevoada da morte.

Teu beijo, do rosmaninho
Tem o sainete amargoso...
Lembra a saudade de um vinho
Secreto, mas venenoso.

Por um mistério indizível
Não te é dado amar na terra.

Vem de longe o Indefinível
Que os teus silêncios encerra!
Deus fechou-te a sete chaves
O coração lá no fundo...

Mas deu-te as asas das aves
Para irradiares no mundo.

quinta-feira, 8 de abril de 2010


Nesses últimos dias ando bastante ocupada entre passeios em médicos e trabalho (tô terminando de corrigir meu primeiro romance êeeeeeeee!) Então estou um pouco afastada daqui, mas passei hoje pra deixar uma frase linda para vocês apreciarem.

Beijão!!!!

“Tudo quanto se destina a surtir efeito nos corações, do coração é que deve proceder.” (Goethe)

domingo, 4 de abril de 2010

SONHANDO COM LÁGRIMAS EM MEUS OLHOS

Bom dia pessoas lindas!

Hoje acordei super animada, é domingo e vou comer muito chocolate, eba!!! :)
Então, para embelezar um pouco meu dia e o de vocês também, vou postar uma música maravilhosa que descobri esses dias. "Dreaming with tears in my eyes" foi composta por Jimmie Rodgers em 1938 e regravada pelo Bono Vox do U2 em 1997. É linda demais, vocês verão...

Beijossssss. S2

"Meu coração está com saudades de você,amor
Eu cuidei de você mais do que você soube
Pensei que você havia quebrado cada promessa
E que os sonhos de ontem eram falsos

Sozinho, Eu vou esperando o amanhã
Quando os raios de sol trazem lembranças suas
Meu sol se transformou em mágoas
Enquanto eu sonho com o amor pelo menos uma vez

Porque eu deveria ser sempre sozinho?
Quando os céus forem azuis e alegres
Enquanto as sombras e a solidão se prolongarem
Estou sonhando com lágrimas em meus olhos

Porque você me prometeu,querida?
Nunca me abandonar
Ontem os raios de sol eram desbotados
O seu amor não era tão verdadeiro quanto o meu

Sozinho, Eu vou esperando o amanhã
Quando os raios de sol trazem lembranças suas
Meu sol se transformou em mágoas
Enquanto eu sonho com o amor pelo menos uma vez

Porque eu deveria ser sempre sozinho?
Quando os céus forem azuis e alegres
Enquanto as sombras e a solidão se prolongarem
Estou sonhando com lágrimas em meus olhos"



quinta-feira, 1 de abril de 2010

UMA ALEGRIA PARA SEMPRE

Mário Quintana é, certamente, um dos maiores poetas brasileiros, suas obras de grande sensibilidade e simplicidade emocionam muitas gerações. Eu, como não podia deixar de ser, adoro seu modo de escrever. Hoje, aqui no nosso blog, uma das mais belas poesias de Quintana, dedicada à sua amada esposa.

"As coisas que não conseguem ser olvidadas
continuam acontecendo.
Sentimo-las como da primeira vez,
sentimo-las fora do tempo,
nesse mundo do sempre
onde as datas não datam.
Só no mundo do nunca existem lápides...
Que importa se - depois de tudo - tenha "ela" partido
ou que quer que te haja feito, em suma?
Tiveste uma parte da sua vida que foi só tua e, esta,
ela jamais a poderá passar de ti para ninguém.
Há bens inalienáveis, há certos momentos que,
ao contrário do que pensas,
fazem parte de tua vida presente
e não do teu passado.
E abrem-se no teu sorriso mesmo quando,
deslembrado deles,
estiveres sorrindo a outras coisas.
Ah, nem queiras saber o quanto deves à ingrata
criatura...
A thing of beauty is a joy for ever
-disse, há cento e muitos anos,
um poeta inglês que não conseguiu morrer".


(Mário Quintana - Para Elena Quintana)

terça-feira, 30 de março de 2010

O DESAPARECIDO


"Tarde fria, e então eu me sinto um daqueles velhos poetas de antigamente que sentiam frio na alma quando a tarde estava fria, e então eu sinto uma saudade muito grande, uma saudade de noivo, e penso em ti devagar, bem devagar, com um bem-querer tão certo e limpo, tão fundo e bom que parece que estou te embalando dentro de mim.

Ah, que vontade de escrever bobagens bem meigas, bobagens para todo mundo me achar ridículo e talvez alguém pensar que na verdade estou aproveitando uma crônica muito antiga num dia sem assunto, uma crônica de rapaz; e, entretanto, eu hoje não me sinto rapaz, apenas um menino, com o amor teimoso de um menino, o amor burro e comprido de um menino lírico. Olho-me no espelho e percebo que estou envelhecendo rápida e definitivamente; com esses cabelos brancos parece que não vou morrer, apenas minha imagem vai-se apagando, vou ficando menos nítido, estou parecendo um desses clichês sempre feitos com fotografias antigas que os jornais publicam de um desaparecido que a família procura em vão.

Sim, eu sou um desaparecido cuja esmaecida, inútil foto se publica num canto de uma página interior de jornal, eu sou o irreconhecível, irrecuperável desaparecido que não aparecerá mais nunca, mas só tu sabes que em alguma distante esquina de uma não lembrada cidade estará de pé um homem perplexo, pensando em ti, pensando teimosamente, docemente em ti, meu amor."

Rubem Braga em: Livro "A Traição das Elegantes", Editora Sabiá - Rio de Janeiro, 1969, pág. 112, extraímos o texto acima.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Cem Sonetos de Amor


"Cem Sonetos de Amor" é um livro de Pablo Neruda publicado em 1959 com cem sonetos relacionados ao romantismo, amor etc., divididos em quatro partes: Manhã, Meio-dia, Tarde e Noite, nas quais Neruda expressa todo o conteúdo da palavra amor.

O soneto "A Dança" foi divulgado no filme Patch Adams, no qual Patch o recita para Monica Potter.


"Não te amo como se fosses a rosa de sal, topázio
Ou flechas de cravos que propagam o fogo:
Te amo como se amam certas coisas obscuras,
Secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
Dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
E graças a teu amor vive escuro em meu corpo
O apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
Te amo assim diretamente sem problemas nem orgulho:
Assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

Senão assim deste modo que não sou nem és,
Tão perto que tua mão sobre o meu peito é minha,
Tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho."

quinta-feira, 25 de março de 2010

A Quem contarei o que esqueci?


Gente do céu, essa minha vida anda uma correria ultimamente. Tenho trabalhado bastante no meu primeiro romance "Amor, Maybe" e isso tem tomado todo meu tempo.

Como faz alguns dias que não posto nada, vou deixar duas frases rapidinhas (como a minha passagem por aqui, hehehe) pra vocês meditarem!

(...) Tudo tem um tempo certo para ser feito ou para ficar para sempre adiado (...)
(José Jorge Letria)


"Um coração bate muito. E apanha quase o mesmo tanto." (Foi minha amiga Léla que me disse essa frase, mas não sei de quem é, só sei que é um sábio, certamente.)

Beijooooooosssssssssss!

segunda-feira, 22 de março de 2010

UNA NOCHE

Hoje to sem muita inspiração, por isso vou colocar somente uma musiquinha pra embalar os corações apaixonados.... hehehe

APROVEITEM THE CORRS E ALEJANDRO SANZ, UNA NOCHE.

Beijoooo

"Depois de pensar
Depois de ver
A minha dor andar
Sobre a água do mar
Morna claridade, que vi
Por minha rua passar

Sem saber o que fazer
Sem sentir ou pensar
Só que ainda hoje,continuo
Ainda hoje continuo
Atando-me a você

Ainda hoje,meu amor,te dou
Meu corpo com alma
Se esconde do sol
De noite se escapam
Ainda hoje te dou
Meu corpo com alma
Ainda hoje, ainda há

Que esconde a noite
Vai guardar
De nós dois
Ou sentir ou pensar
Se a noite me encheu de luz
É porque eu vi nadar
Golfinhos em sua voz

E me senti sem pensar
Só que ainda hoje,continuo
Ainda hoje continuo
Amando a você

Ainda hoje,meu amor,ainda há
Dois corpos com alma
Se escondem do sol
De noite escapam
De noite se entregam
Os corpos,as almas
Ainda hoje,ainda há"


sexta-feira, 19 de março de 2010

HOJE É SÓ O AMOR

AI GENTE, NÃO SEI O QUE ACONTECEU COMIGO, DEVE SER ALGUMA COISA NO AR, NA ÁGUA OU NOS DOCES QUE ANDO COMENDO SEM PARAR, MAS HOJE EU FIQUEI TOTALMENTE INSPIRADA! PEGUEI A CANETA E DE CARA ESCREVI UMAS DEZ PÁGINAS... QUE COISA DOIDA!
POR ISSO QUE TO ESCREVENDO AQUI... JÁ QUE QUASE NUNCA POSTO NADA DE MINHA PRÓPRIA AUTORIA, VOU APROVEITAR O BLOG PRA DESABAFAR UM POUCO.

EU JÁ DISSE QUE SOU UMA ETERNA APAIXONADA???

E HOJE ESTOU ME SENTINDO TRANSBORDANTE DE PAIXÃO, QUE SERÁ QUE ACONTECEU COMIGO? PARECE QUE UM ESPÍRITO METIDO A POETA BAIXOU EM MIM... OU, DE TANTO ESCREVER AQUI NO BLOG SOBRE COISAS AÇUCARADAS FIQUEI IRREMEDIAVELMENTE INFECTADA!!! RSRSRS :)

ENFIM, LÁ VAI O QUE EU ESCREVI (OU SERÁ QUE PSICOGRAFEI?):

"Como você sabe que é amor? Simples. Quando você precisa se despedir e sempra dá vontade de ficar mais um pouquinho."

"Hoje eu ganhei um beijo. É claro que me apaixonei de novo. Afinal, quantas vezes por dia é possível se apaixonar? Talvez, a cada nova descoberta, a cada novo olhar. Talvez, a cada minuto que penso em você."

"Desenhei um coração no meu caderno, na página que você rabiscou. Depois sorri, porque sei que daqui há 10 anos, quando eu por acaso folhear esse caderno, o encontrarei ali, lembrarei dessa tolice e serei feliz mais um pouquinho..."


SÓ POSTEI OS MAIS "DOCINHOS". OS OUTROS SÃO MUITO LONGOS E MELANCÓLICOS PARA POSTAR AQUI.
TALVEZ AMANHÃ, OU OUTRO DIA. HOJE É SÓ O AMOR.

BEIJOSSSSSSSS

POEMA SOBRE UM MILK SHAKE (ANJO DAS ILUSÕES)

"Ilusões à luz do dia, cílios de limousine
Faça seu rostinho lindo 

Derramar uma lágrima em meu vinho
Olhe em meus olhos 

E veja o que você significa pra mim
Docinhos e milk-shakes
Sou o anjo das ilusões
Sou o desfile de fantasias
Conheça meus pensamentos
Não mais os adivinhe
Você não sabe de onde eu vim
Você não sabe para onde vamos
Estamos juntos na vida
Como dois galhos no rio
Sendo levados pela correnteza
Eu te carrego, você e carrega
Nossa vida pode ser assim, 

Você não me conhece?
Você já não me conhece?"


(David Jewell) 

No original:

“Poem on a Milkshake” (Delusion Angel)

"Daydream, delusion, limousine, eyelash
Oh baby with your pretty face
Drop a tear in my wineglass
Look at those big eyes
See what you mean to me
Sweet-cakes and milkshakes
I'm delusion angel
I'm fantasy parade
I want you to know what I think
Don't want you to guess anymore
You have no idea where I came from
We have no idea where we're going
Latched in life
Like branches in a river
Flowing downstream
Caught in the current
I'll carry you
You'll carry me
That's how it could be
Don't you know me?
Don't you know me by now?"

(David Jewell)

Retirei esse poema do filme "Antes do Amanhecer". Gosto muito dele, especialmente dessa frase: Conheça meus pensamentos, não mais os adivinhe. Profundo demais!!!

É isso aí, amanha eu volto!!!

Beijooooooooooooo S2

quinta-feira, 18 de março de 2010

ESPECIAL ENYA

Estava procurando uma música da Enya que acho linda chamada "Only Time", tema do filme "Doce Novembro" e acabei achando essa outra "Amarantine" que também achei maravilhosa.

Vou postar as duas com a tradução pra todos acompanharem!!!!!! :D

Viva as canções de amor!!!!!!

BEIJOSSSSSSSS



quarta-feira, 17 de março de 2010

ENTÃO O QUE VOCÊ VAI FAZER?


Estive pensando em você...

Quero te dizer que você
É muito especial pra mim
E parece loucura porque
Mal te conheço
Mas tem uma coisa que eu não sei
E que me atrai até você
É por isso que não posso esconder
Quero ter você aqui
Só pra mim!

Há quem diga que
"a dúvida é o preço da pureza,
e é inútil ter certeza"

E só posso concordar
Quando penso em você
E se tenho medo
É porque nunca se sabe...
É porque nunca se sabe...

Mas, você pode me fazer mudar de idéia,
Se nós dois concordarmos
Podemos descobrir o mundo juntos

Eu não sou do tipo que mente
E você é do tipo
Que sempre me convence
Mas, se você não pode
Estar aqui comigo
Nada disso faz sentido

Fa che non sia così...

Porque tudo que é belo
Brilha pra mim através dos teus olhos
E quando você sorri pra mim
É o único que eu deixo
Entrar no meu coração

Você é tudo
Que os meus braços querem abraçar
Tudo que você faz
Tudo que você é
Me seduz

Quero fazer você feliz

De repente acho que estou
Apaixonada por você
Assim, meio sem querer
Não dá pra explicar
Confio em você
Por isso te dou meu coração
Quero que seja você.

Só depende de você
Então, o que você vai fazer?

(F.C)

OI PESSOAL, E AÍ, O QUE ACHARAM DESSE MEU "DEVANEIO"? BJOSSS

terça-feira, 16 de março de 2010

TE AMO


Soneto XVII

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda

segunda-feira, 15 de março de 2010

AINDA BEM

Tive um fim de semana maravilhoso com meu amadinho e hoje, para todos os apaixonados, vou postar uma música muito linda da Vanessa da Mata chamada "Ainda Bem".

Beijosssssss

..."Nesse mundo de tantos anos
Entre tantos outros
Que sorte a nossa hein?
Entre tantas paixões
Esse encontro
Nós dois, esse amor..."


sábado, 13 de março de 2010

HOJE, UM DRUMMOND

Para que meu amor nunca duvide que eu o amo sempre...


TOADA DO AMOR

E o amor sempre nessa toada
briga perdoa perdoa briga.
Não se deve xingar a vida,
a gente vive, depois esquece.
Só o amor volta para brigar,
para perdoar,
amor cachorro bandido trem.

Mas, se não fosse ele, também
que graça que a vida tinha?

Mariquita, dá cá o pito,
no teu pito está o infinito.

quinta-feira, 11 de março de 2010

A PESSOA ERRADA

Pensando bem
Em tudo o que a gente vê e vivencia
E ouve e pensa
Não existe uma pessoa certa para nós
Existe uma pessoa
Que se você for parar para pensar
É, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa
Faz tudo certinho
Chega na hora certa,
Fala as coisas certas,
Faz as coisas certas,
Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça
Fazer loucuras
Morrer de amor
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
Que é para na hora que vocês se encontrarem
A entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada é, na verdade, aquilo que a gente chama de
pessoa certa
Essa pessoa vai te fazer chorar
Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas
Essa pessoa vai tirar seu sono
Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível
Essa pessoa talvez te magoe
E depois te enche de mimos pedindo seu perdão
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado
Mas vai estar 100% da vida dela esperando você
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer para todo mundo
Porque a vida não é certa
Nada aqui é certo
O que é certo mesmo é que temos que viver
Cada momento
Cada segundo
Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo
É só assim.
É possível chegar àquele momento do dia
Em que a gente diz: "Graças a Deus deu tudo certo"
Quando na verdade
Tudo o que ele quer
É que a gente encontre a pessoa errada
Para que as coisas comecem a realmente funcionar direito para nós...

(Luís Fernando Veríssimo)

quarta-feira, 10 de março de 2010

SOBRE UM MENINO


Esse poema é de minha prórpia autoria, fiz alguns anos atrás, para um menino lindo que eu amo.

Algumas vezes
Tudo que eu preciso
É seu toque, seu abraço
Sim, os seus braços
Eles sempre me aquecem...

Algumas vezes
Tudo que eu preciso
É ficar em silêncio
Ao seu lado
Sabendo que você esta ali...

Algumas vezes
Tudo que eu preciso
É sussurrar seu doce nome
É sentir seus olhos rindo
Da tola que eu sou...

Mas agora
Todos os dias são assim
Te quero a qualquer hora
É um amor sem fim
Preciso de você
Bem perto de mim!

(F.C)

domingo, 7 de março de 2010

SOBRE UM FINAL TRISTE

Hoje as palavras com açúcar vão ceder um pouquinho de espaço para algumas palavras amargas, como o sal de nossas lágrimas quando perdemos um amor.

Gosto muito dessa música do Mc Fly, apesar dela ser triste.
Pessoalmente ela diz muito pra mim... o nome é "Too close for Confort", que traduzindo seria algo como: Perigosamente Perto. Fala sobre um término de amor que só acontece de um dos lados, sendo que o outro continua amando e sofrendo. Realmente, quando vemos a pessoa que nós amamos nos afastando, quando queremos ficar perto, dá vontade de sair pedindo perdão por todos os erros que cometemos na relação... É tão difícil aceitar que o outro está nos deixando... Que ele vai seguir em frente e resolveu nos deixar pra trás. Que de repente todos os bons momentos que vocês tiveram juntos parece que foram esquecidos pela outra pessoa. Antes ela dizia que te amava e agora "mudou de idéia". Quem sabe nós chegamos Perigosamente Perto dos segredos daquela pessoa e ela se assustou?

O fato é que quem magoa aquele que um dia disse que amava nunca saberá o quanto dói. Bom, mas pelo menos essa tristeza toda rendeu uma bela música, e é isso q vale, ouçam e comentem!!!!!

Beijossssssss.

sexta-feira, 5 de março de 2010

ADEUS


Esse poema é de um poeta português chamado EDMUNDO DE BITTENCOURT. Acho-o muito lindo e profundo, espero que gostem!

"-Quando aqui estou, estou no céu!
Ela dizia.
E eu ficava melancólico a pensar como seria aquele céu, tão simples, aonde não chegava o meu sonho mais alto de alegria!
Como seria?
Nesse tempo de tão calmo sem um começo nem um fim, seus belos olhos tristes, quando olhavam para mim fugiam logo.
Que envergonhados e descidos eram bem um adeus lá do remoto paraíso cuja plena felicidade miravam, adormecidos...
Como eu seguia ausente e cada vez mais distante da vida até chegar sutilmente ao instante em que já era um véu de morte a presença daquela despedida!
O ar, então, pelo terraço, fechava-se doirado, como num salão, e ela adormecia...
Dum recanto do azul um raio de luz descia até a luz do seu sorriso ainda de donzela.
Atraídas, chegavam borboletas, coloridas, que tombavam tontas e inocentes por sobre ela.
E numa janela que ali se desenhava, que breve se fechava sem rumor, vinha por fim roçar a asa um corvo branco anunciador!
Ela dormia o sono solto sobre a minha vigília, que para ela, a enamorada, seria a vigília temerosa de seu deus.
Dormia, os olhos bem cerrados no mais cerrado adeus.
E a sua boca de morta-viva, saudosa de palavras sonhadoras, sorria sempre, sorria.

-Quando aqui estou, estou no céu!
Era agora o seu sorriso que dizia..."

Comentem!!!!!!
Beijosssssss...

quinta-feira, 4 de março de 2010

ATÉ ONDE VOCÊ ESTÁ

Essa música é da banda SuperFluxo, desconhecida nacionalmente, mas que faz algum sucesso no sul do país. Conheci essa banda alguns anos atrás em Santa Maria-RS e gostei muito do som dos caras, o vocalista tem uma voz linda e potente, as letras são boas e o som forte prova que ainda existe um bom pop/rock.

Ouçam e tirem suas próprias conclusões!!!!!!

Beijossss

"Como o vento sobre o mar
Num pensamento te levar
Pra onde eu possa viver
Esse infinito com você
Sobre o chão Pairando no ar
Nesse universo pra explorar
Mas a maior distância ainda é essa
Até onde você está"


quarta-feira, 3 de março de 2010

10 COISAS QUE ODEIO EM VOCÊ

Hoje escolhi falar desse filme, que já é antiguinho, mas, na minha humilde opinião, dentre os filmes de romance juvenil é um dos melhores. Até porque não tem como ser ruim tendo o grande Heath Ledger no papel principal e sendo baseado no livro "A Megera Domada", de Shakespeare.
Enfim, para quem não assistiu ainda o filme eu recomendo e, para quem já viu, tenho certeza que vão gostar de relembrar essas duas cenas: ela, declamando o poema que fez pra ele e ele, cantando a música "Can't take my eyes of off you" pra ela.



"Odeio o modo como você fala comigo e o modo como você corta seu cabelo.
Odeio o modo como você dirige meu carro e quando você me encara.
Odeio suas enormes botas de combate e o modo como você lê minha mente.
Te odeio tanto você, que isso me deixa doente e até me faz rimar.
Eu odeio. Odeio o modo como você está sempre certo.
Eu odeio quando você mente.
Eu odeio quando você me faz rir e mais ainda quando me faz chorar.
Eu odeio quando você não está por perto e o fato de não me ligar.
Mas, mais do que tudo...
Odeio o fato de não conseguir te oadiar, nem um pouquinho,
nem por um segundo, nem mesmo só por te odiar."



terça-feira, 2 de março de 2010

FIEL A MIM MESMA

Esse é um texto que escrevi muitos anos atrás, em circunstâncias que ficarão claras com a leitura. Decidi postá-lo aqui para lembrar que temos que ser fiéis a nós mesmos, mesmo que nosso amor pareça impossível. Espero que apreciem, beijos!!!!!!!

Me desculpe, estou apaixonada por outra pessoa.
Foi um erro tentar enganar meu coração, quando sei que jamais poderei mentir pra mim mesma.
Me desculpe, eu tentei te dar uma chance.
Realmente achei que queria te dar essa chance, mas acho que as coisas simplesmente não são assim no amor.
Não consigo sequer te escrever um versinho de carinho...
Todos meus sentimentos nobres não me pertencem mais, sendo assim, não há nada de bom que eu possa lhe dar.
Me desculpe, realmente pensei que você poderia me fazer te amar com o tempo, mas agora percebi que não quero me apaixonar por você.
Não quero esquecer o amor que já tenho no meu coração só porque não posso estar com ele. Sinceramente, não quero esquecê-lo.
Quero ficar sozinha, com todo esse amor que tenho dentro de mim. Quero dormir e acordar pensando nele sem me sentir culpada por isso.
Preciso estar livre para esperar por ele e mesmo que ele nunca chegue, tenho que ser fiel a mim mesma.
Está além das minhas forças...
Este amor que sinto por ele, jamais poderei dar à você.

(F.C 2006)

segunda-feira, 1 de março de 2010

AMOR E DESTINO



Ó Amor, se pudéssemos tu e eu
conspirar com o Destino
para abarcar inteiramente
Essa estrutura miserável das coisas,
Não a despedaçaríamos,
Para depois reformulá-la
Mais de acordo com os desejos do Coração?


(Omar Khayyam - Poeta Persa)

sábado, 27 de fevereiro de 2010

MUSIQUINHA FOFA

Adoro o ritmo dessa música e a tradução também é linda! Em homenagem ao meu amor, que um dia vai me sustentar com seu violão! hehehe



HEY THERE DELILAH - PLAIN WHITE T'S

Ei ai Delilah
Como é Nova Iorque?
Eu estou a mil milhas longe daí
Mas menina esta noite você parece tão bonita
Sim parece
Time Square não consegue brilhar tanto quanto você
Eu juro isto é verdade

Ei Delilah
Não se preocupe sobre à distância
Eu estou aqui se você se sentir sozinha
Ouça essa música mais uma vez
Feche seus olhos
Escute minha voz ela é o meu disfarce
Eu estou ao seu lado

Oh é o que você faz comigo (5x)

Ei Delilah
Eu sei que os tempos estao ficando dificeis
Mas apenas acredite em mim menina
Um dia eu estarei pagando as contas com esse violão
Nós teremos tudo
Nós teremos a vida que sabíamos que teríamos
Minha palavra é boa

Ei Delilah
Eu ainda tenho tanto pra falar
Se à cada simples música que eu escrevi pra você
Pudesse tirar seu fôlego Eu escreveria tudo
Mais apaixonada por mim você ficaria
Nós teríamos tudo

Oh é o que você faz comigo (4X)

Mil milhas parecem um pouco longe
Mas eles tem aviões trens e carros
Eu ando até você se não tiver outra saída
Todos nossos amigos vão rir de nós
Mas nós vamos rir mais porque nós sabemos
Que nenhum deles nunca se sentiu assim
Delilah eu posso prometer a você
Que pelo tempo que nós passamos juntos
O mundo nunca mais será o mesmo
E você é a responsável

Ei Delilah
Seja boa e não sinta minha falta
Mais dois anos e você terá terminado a escola
E eu estarei fazendo história como eu faço
Você sabe que é só por causa de você
Nós poderemos fazer o que quisermos
Hey Delilah aqui está pra você
Esta é pra você

Oh é o que você faz comigo (5X)

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

MÁRIO QUINTANA, O MAIS SIMPLES DOS SÁBIOS


Hoje, uma sábia e bela reflexão do meu querido amigo passarinho: Mário Quintana.

"Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho... que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo".

Beijos e bom fim de semana meus lindos!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O MORRO DOS VENTOS UIVANTES

Bem, hoje estou meio melancólica e melodramática por conta de uns baldes de água fria que ando recebendo na cabeça. É sempre um risco se expor e dar a cara a tapa, principalmente quando se é extremamente sincera e impulsiva como eu sou, mas no fim estou mais feliz e mais forte. Afinal, pra que dar bola a pessoas invejosas e ignorantes?

Esses trechos foram tirados do excelente livro "O morro dos ventos uivantes", de Emily Bronte mas também existe um filme de 1992 com o Ralph Fiennes e a Juliette Binoche que é muito bom.

Uma breve sinopse para quem não conhece a história: Heathcliff é filho adotivo e seus irmãos o humilham, tratando-o como um empregado. Ele e Cathy, sua irmã adotiva, são apaixonados, mas acabam se separando e ela se casa com o nobre Linton. Ele deixa a família e retorna anos mais tarde, buscando vingança contra aqueles que o separaram de Cathy.

Falas de Cathy:

“Minhas grandes tristezas neste mundo têm sido as tristezas de Heathcliff, e eu enxerguei e senti cada uma delas desde o início, pois ele é a suprema razão do meu viver. Se tudo o mais perecesse, e só restasse ele, eu continuaria a existir, ao passo que, se tudo permanecesse e ele fosse destruído, todo o universo se transformaria num lugar completamente estranho para mim, de que eu não faria parte. Meu amor por Linton é como a folhagem dos bosques: o tempo o transformará, estou bem certa, assim como o inverno muda as árvores. Meu amor por Heathcliff assemelha-se às rochas eternas que jazem debaixo do chão: é uma fonte de prazer pouco visível, porám necessária. Nelly, eu sou Heathcliff! Ele está sempre, sempre no meu pensamento. Não como uma alegria, já que nem sempre sou uma alegria para mim mesma, mas como o meu próprio ser. Portanto, não me fale outra vez em separação, isso é impossível e...”

“(...) Fica acordado até tarde não fica? Esta à espera de que eu chegue em casa para trancar o portão. Bem, terá que esperar um pouco mais ainda. É uma viagem penosa e o meu coração está muito triste por ter que fazê-la (...)

Atualmente o romance foi citado várias vezes na Saga Crepúsculo, como sendo um dos favoritos de Bella, que o lia e relia diversas vezes, chegando à fazer até mesmo Edward a questionar sobre isso (em Eclipse) e depois, mais no final, ele mesmo diz que passou a gostar do livro.

Trecho do livro Eclipse, de Stephenie Meyer:

(Edward) - Eu fico feliz que Charlie tenha deixado você sair - você está precisando muito fazer uma visita a uma livraria. Eu não posso acreditar que você está lendo O morro dos ventos uivantes de novo. Você já não sabe ele de cor?
(Bella) - Nem todos nós temos memória fotográfica, eu disse curtamente.
(Edward) - Com memória fotográfica ou não, eu não entendo por que você gosta disso. Os personagens são só pessoas que arruínam a vida uns dos outros. Eu não consigo entender como Heathcliff e Cathy acabaram sendo comparados a casais como Romeu e Julieta ou Elizabeth Bennett e Sr. Darcy. Essa não é uma história de amor, é uma história de ódio.
(Bella) - Você tem sérios problemas com os clássicos, eu disparei.
(Edward) - Talvez seja porque eu não fico impressionado com antiguidades.
Ele sorriu, evidentemente satisfeito por ter me distraído.
(Edward) - No entanto, honestamente, por que é que você lê isso de novo e de novo? Os olhos dele estavam vívidos com real interesse agora, tentando - de novo - desvendar os complicados trabalhos da minha mente. Ele se inclinou na mesa pra pegar o meu rosto nas mãos dele. O que lhe agrada tanto?
A sincera curiosidade dele me desarmou.
(Bella) - Eu não tenho certeza, eu disse, lutando pra ser coerente enquanto o olhar dele não intencionalmente confundia os meus pensamentos. É alguma coisa relacionada a inevitabilidade. Como nada consegue mantê-los separados - nem o egoísmo dela, nem a maldade dele, e no fim, nem mesmo a morte...
O rosto dele estava pensativo enquanto ele pensava nas minhas palavras. Depois de um momento, ele deu um sorriso de zombaria.
(Edward) - Eu ainda preferiria se um deles tivesse uma qualidade que os redimisse.
(Bella) - Eu acho que é disso que eu estou falando, eu discordei. O amor deles é a única qualidade que os redime.
(Edward) - Eu espero que você tenha mais juízo que isso - se apaixonar por alguém tão... maligno.
(Bella) - É um pouco tarde pra me preocupar com a pessoa pela qual eu vou me apaixonar, eu apontei. Mas mesmo sem o aviso, eu pareço ter me saído muito bem.
Ele riu baixinho.
(Edward) - Eu me alegro que você pense isso.
(Bella) - Bem, eu espero que você seja esperto o suficiente pra ficar longe de alguém tão egoísta. A fonte de todo o problema na verdade é Catherine, não Heathcliff.
(Edward) - Eu vou ficar de olho, ele prometeu.

Abaixo, uma música de Kate Bush baseada no romance e o trailer do filme:

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

MEU CACTO

Essa é uma poesia de minha própria autoria, espero que gostem!

Você é o meu cacto
Que eu roubei de Bandeira*
És belo, áspero, intratável
Meu amável cacto

Imponente em seus espinhos
Em sua glória majestosa
Desejo dar-te meus carinhos
Ser sua rosa primorosa

Mas me feres e me afastas
E mesmo assim te amo
Que minha voz tão casta
Só canta os teus encantos

Sangram minhas mãos ao te tocar
Dilacera meus lábios te beijar
E contigo é boa a dor
Pois no fundo dos seus olhos
Vi brotar a semente do amor!

Meu belo, sinceramente espero
Que te lixe as asperezas meu afeto
E de orgulho fiques nu eu quero
Te quero, te amo, te espero
Meu cacto belo!

*(Poesia livremente inspirada no poema "O cacto" de Manuel Bandeira)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

THE LONG AND WINDING ROAD (A LONGA E SINUOSA ESTRADA)

A longa e sinuosa estrada
que leva até sua porta,
Jamais desaparecerá,
Eu já vi esta estrada antes.
Ela sempre me traz até aqui,
Conduz-me até sua porta.

Na noite selvagem e tempestuosa
que a chuva eliminou,
Deixou uma piscina de lágrimas
Chorando pelo dia.
Por que me deixar aqui sozinho?
Mostre-me o caminho.

Muitas vezes eu fiquei sozinho
e muitas vezes eu chorei
De qualquer forma você nunca saberá
de quantas formas tentei,

Mas ainda assim elas me trazem de volta
à longa e sinuosa estrada
Você me deixou esperando aqui
há muito tempo atrás,
Não me deixe aqui esperando,
Guie-me à sua porta

Mas ainda assim elas me trazem de volta
à longa e sinuosa estrada
Você me deixou esperando aqui
há muito tempo atrás,
Não me deixe aqui esperando,
Guie-me à sua porta.

PS: ESSA MÚSICA É ORIGINALMENTE DOS BEATLES, MAS EU PREFIRO ESSE COVER DO THE CORRS. ELA É LINDA NÃO É? É UM CLÁSSICO! VALE A PENA ESTAR AQUI.

BEIJOS!

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

IDAS E VINDAS DO AMOR

Nesse fim de semana aproveitei para ir ao cinema com meu excelentíssimo namorado. Coitadinho, eu praticamente torturei ele... hehehe

Fomos assistir "Idas e Vindas do Amor" e o pobrezinho me perguntou: - Tem que ser esse filme mesmo? Não tem outro passando? (Traduzindo: vou ter que assistir um filme de romance água com açúcar quando tá jorrando sangue na tela de Premonição 4 e Lobisomem?) Minha resposta foi bem sincera: - Ah, mas eu quero tanto assistir esse... Bem, daí vocês podem imaginar como o coitado passou as próximas 2 horas... Quase dormindo do meu lado!!!

Dica: Mulheres, vão com suas amigas ver esse filme, e não com os namorados!!!

Na verdade, o filme é meio cansativo mesmo, demora para as coisas acontecerem, fica tempo demais nas indas e vindas (como o próprio título sugere), mas até que dá pra dar umas risadas e uns "suspiros" (tem momentos engraçados, momentos que você suspira e pensa "que fofo" e momentos que simplesmente diz: que cara gato! e daí suspira de novo... hahaha) Não quero falar muito pra não estragar a surpresa de quem ainda não viu o filme, mas uma das cenas mais engraçadas pra mim foi com certeza a da Taylor Swift (que é ótima cantora, mas não convence muito como atriz) dançando que nem uma doida descordenada na escola.

Essa é minha humilde opinião, eu gostei do filme afinal. E tem como não gostar de um filme com Ashton Kutcher, Taylor Lautner, Bradley Cooper, Eric Dane e Patrick Dempsey todos juntos????? Além do mais eu também gosto muito das atrizes: Jéssica Biel, Julia Roberts, Jennifer Garner, Anne Hathaway e a maravilhosa Queen Latifah. Abaixo, o trailer pra vocês conferirem. Quem já viu, pode dar sua opinião também!!!

Beijos açucarados...